2.22.2006

Leitura: Caminho para o conhecimento



Secretário anuncia a ampliação do Programa de Leitura em Friburgo (trecho retirado do site da Seerj)



"Para marcar a semana de volta às aulas, nesta terça-feira (21/02), o secretário de Educação, Claudio Mendonça, passou o dia em Nova Friburgo. Este ano, 28.900 estudantes estão matriculados em 52 escolas ligadas à Coordenadoria Regional Serrana II e 29 ficam na cidade. De manhã, ele participou do Seminário “Leitura: Caminho para o conhecimento”.



Durante o evento, Mendonça anunciou a ampliação dos grupos de leitura. A meta é atingir 300 mil estudantes, em 2006.



- Nossa expectativa é trabalhar este ano com o Ensino Médio. O que vamos precisar é de uma grande mobilização das famílias, dos meios de comunicação e, fundamentalmente, dos professores. Criar uma nação de leitores é um desafio que eu lanço nesse seminário. Eu acho que o Rio de Janeiro pode mostrar para o país a importância de se formar leitores, indispensável para que a humanidade possa evoluir.



O secretário anunciou, ainda, a criação de um prêmio para as 20 unidades escolares que mais se destacarem com relação ao desempenho dos alunos, aprovação e baixa renda. Com isso, será avaliado o efeito escola, levando em conta a realidade que o estudante tem em casa."


=x-

Pois que estejamos atentos à nova metodologia adotada este ano, que visa exatamente o desenvolvimento do poder crítico e de produção textual dos alunos.

5 Comments:

Blogger Marco Aurélio said...

Tânia

Numa oportunidade posterior te conto como o Boatemática surgiu. Agora que tomou um pouco mais de forma, fiquei supreso ao constatar que apesar de ser professor de matemática, estou conseguindo que meus alunos escrevam e leiam mais no meu blog que nas tentativas escolares de meus colegas professores de humanidades. Noto que os alunas(os)são motivados pela liberdade de escolha do que vão escrever e ler e com a possibilidade de não seguirem regras gramaticais. Observe depois alguns que usam o "Internetês".Alguns colegas se queixam da resistência dos alunos(as) à escrita e a leitura sem conseguirem entender que não é dando redações de como foram as férias deles e nem adotando temas distantes de suas realidades que conseguirão exito em seus objetivos.

Bjs

02 abril, 2006  
Blogger Editor said...

Concordo plenamente! O prazer do texto é o prazer de expressar-se. Houve e ainda há muita tirania já na tenra idade para levar o aluno a escrever sem criatividade, temas repetitivos, sem liberdade. Isso vai criando o afastamento deles, e os faz ligarem leitura e escrita a coisa chata, quando na verdade é o grande instrumeto deles na vida, na açào social. Felizmente uma nova visão vem sugindo, e novos formandos em licenciatura de Letras passarão a formar uma massa crítica e de ação diferente. Espero que assim seja, é assim que trabalho. Um grande Abraço!

04 abril, 2006  
Blogger Alex Manzi said...

O que justamente me fascina na feitura do meu blog é a liberdade que terei pra criar meu texto.

Sou colega do Marco Aurélio na mesma escola e noto isso mesmo. Quanto mais liberdade, mais aumenta-se o gosto por aquilo que o aluno vai dizer no seu texto híbrido.

O internetês, na minha opinião de Alex, não de educador, é extremamente chato de ler, mas, se há comunicação entre aqueles que o usam, tudo bem. O que se deve debater com eles é a hora e o lugar de se usá-lo.

Grande e fraterno e educativo abraço.

04 abril, 2006  
Blogger Marco Aurélio said...

Tânia

Gostaria de colocar o Literatura e Produção Textual como link no boatemática. Posso?

Bjs.

05 abril, 2006  
Blogger Editor said...

Marcos, será uma honra ter meu blog linkado no boatemática! Obrigada!


Alex, penso assim tb. E mais, como professora da área de códigos e linguagens ( L.Portuguesa e Literatura) estou diretamente dizendo isso aos meus alunos: a questão da comunicação no sentido que vc comentou, e também a questão do saber usar a língua em sua variedade, adaptando o registro ao contexto. E por aí vai... É delicioso vê-los percebendo o estudo da língua como algo muito mais agradável e produtivo do que foi até uns anos atrás. Depois comentamos mais sobre o tema...

05 abril, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home